crime ambientais em Jiquiriçá
POLÍCIA

Apuração identifica crime ambientais em Jiquiriçá

Na noite desta quarta-feira (27), a redação do Mídia Bahia recebeu fotos de uma operação de fiscalização de crime ambientais cometidos nas margens do Rio Boqueirão, importante afluente do Rio Jiquiriçá e manancial que abastece Mutuípe, Jiquiriçá e com possibilidade de atender Ubaíra.

Integrantes da Guarda Civil e ambientalistas estiveram presentes fiscalizando nascentes do Boqueirão.

crime ambientais em Jiquiriçá

Em contato com o conselheiro dos Direitos Humanos, Cleidilson Silva Pereira, a redação foi informada que medidas cabíveis foram solicitadas de setores competentes.

crime ambientais em Jiquiriçá

Outra operação.

A Prefeitura Municipal de Amargosa, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, da Secretaria de Serviços Públicos, Obras e Planejamento e da Guarda Civil Municipal vem realizando ações de combate a crimes ambientais no município, nessa ocasião, na área da Reserva do Timbó.

crime ambientais em Jiquiriçá

Essa semana foram apreendidos pedaços de madeiras (Ingaçu, Louro, Piqui, Oiti, Massaranduba, Sucupira, entre outras) e uma motosserra que estava sendo utilizada para cometer o ato que se configura como desmatamento. O total apreendido foi de cerca de 100 metros cúbicos de madeira nativa.

A ação de busca e combate busca garantir a preservação da reserva na Localidade do Timbó. Este é um trabalho que vem sendo realizado há alguns meses pela Guarda Civil Municipal, através do levantamento da áreas devastadas.

Também será montado um sistema de monitoramento periódicos, utilizando rondas e equipamentos tecnológicos com o objetivo, não só de aprender as madeiras já extraídas, mas também os motores e caminhões que transportam os materiais.

É importante salientar que o desmatamento é uma ação criminosa, podendo levar os infratores a sofrer as punições previstas na Lei de Crimes Ambientais.

crime ambientais em Jiquiriçá

Caso a população identifique ações características de desmatamento, é importante denunciar imediatamente pelo telefone: (75) 98124-3051 (WhatsApp).

Fonte: Mídia Bahia

Comentário