Morre garota que fazia vaquinha para comprar
Sem categoria

Irecê-BA: Morre garota que fazia vaquinha para comprar remédio não fornecido pelo SUS

Recebemos a informação que a jovem Herla Cristina da Silva Reis, 28 anos, que mora em Irecê, e estava fazendo uma vaquinha para tentar arrecadar dinheiro e custear um remédio, infelizmente não resistiu e faleceu

 O medicamento tem o custo em torno de R$ 30 mil reais (caixa). Esse medicamento não é fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Herla Cristina, necessitava de pelo menos de duas caixas do medicamento de cerca R$ 60 mil.

Milhares de pessoas se mobilizaram e fizeram ações beneficentes para arrecadar o valor, mas infelizmente a jovem não resistiu.

Há oito meses, ela foi diagnosticada com Leucemia Mielóide Aguda (LMA), que é um tipo de câncer que pode acontecer em qualquer idade, mas as pessoas com mais de 65 anos são as que mais recebem o diagnóstico.

A doença não é hereditária, mas ainda não se sabe o porquê de seu surgimento.

Fonte: reconvale notícias

Comentário